“Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês: Diferenças entre os programas

Recentemente foi inaugurado o “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês. O programa social tem semelhança com bolsa família brasileira. No “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês o programa atinge quem vive em pobreza absoluta. Para conhecer um pouco, saiba mais no artigo.

“Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês

Bolsa Família italiano (Reddito di Inclusione)

O Bolsa Família italiano é um programa social parecido com o brasileiro. O seu objetivo é transferir renda para pessoas em situações de pobreza absoluta.

✓ Confira ainda as mudanças nas datas do Calendário Bolsa Família 2018!

O projeto foi desenvolvido pelo governo e pelo primeiro-ministro Paolo Gentiloni para acabar com a pobreza do país. Com isto cerca de 490 mil famílias na Itália poderão solicitar a “renda de inclusão social” (ReI).

“Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês

“Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês

Atualmente a Itália calcula que 4,7 milhões de pessoas, em uma população de 60 milhões, vive na pobreza. Isto ocorreu devido à crise financeira global de 2007.

Deste modo, esta linha é calculada através do tamanho da família e região de moradia.


Critérios para “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês

O “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês vai ser concedido aos cidadãos italianos desde que estejam dentro das exigências, veja a seguir:

  • A família não poderá ter Indicador de Situação Econômica Equivalente (ISEE) superior a 6 mil euros;
  • Patrimônio imobiliário maior do que 20 mil euros, excluindo a primeira casa.

Lembrando que o ISEE é usado para avaliar a condição de vida dos italianos, levando em conta renda, bens e características do núcleo familiar.

✓ Veja as mudanças no Valor do Bolsa Família 2018!

Nota: pode ser pedida a renda de inclusão cidadãos da União Europeia e extracomunitários com permissão de estadia de longo prazo. Neste caso é preciso residir na Itália há pelo menos dois anos ininterruptos.


Pagamento do “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês

O “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês, mas o beneficio vai ser organizado da seguinte forma:

  • Em um primeiro momento, o benefício pagará até 485 euros por mês (R$ 1,86 mil, segundo a cotação atual).

O valor incide para:

  • Deficientes;
  • Maiores de 55 anos desempregados;
  • Menores de idade;
  • Mulheres grávidas a quatro meses do parto.

O benefício vai ser concedido no período de 18 meses, mas pode ser renovado por mais 12 depois de meio ano. Entretanto, a família precisa participar de um projeto personalizado de reinserção no mercado de trabalho.


Diferenças do  “Bolsa Família” da Itália com Brasil

Apesar do  “Bolsa Família” da Itália paga até R$ 1.900 por mês, existe algumas questões bem diferentes do Brasil. Veja alguns pontos em destaque

  • A assistência também é oferecida para beneficiários participem de projetos de reinserção no mercado de trabalho, para evitar a sua dependência;
  • Familiares com renda ISEE de até R$23 MIL;
  • O cartão funciona para compra de bens, saques, porém é restrito à metade do valor do auxílio;
  • O direito só pode ser concedido por 18 meses, diferente do Brasil. Além disso, para renovar é preciso esperar seis meses;
  • O pagamento é feito por cartão eletrônico (bilhete único) e vai ser carregado mensalmente.
  • Prioridade para casos de vulnerabilidade como menores, deficientes, mulheres grávidas ou desempregadas com mais de 55 anos;
  • Por fim, europeus e estrangeiros vivendo legalmente na Itália (dois anos no mínimo) pode entrar no programa.

As inscrições estão abertas desde a partir de 1° de janeiro. Para saber mais detalhes do Reddito di Inclusione, entre aqui.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

COMENTE